O QUE VOCÊ JOGOU EM 2011?

TOP TEN OQUE EU JOGUEI ESSE ANO!

 Opa! Eu sou o Becker e eu gosto de… MEMES! E não perco a chance de participar de um! Por isso estamos aqui atendendo a convocação do VIDEOGAME.ETC.BR respondendo a pergunta: “o que você jogou em 2011?” Lógico que joguei muita velharia, mas vou tentar me limitar a jogos que eu nunca tinha jogado antes, que a coisa vai ficar mais interessante, ok? Vamos lá!

 10!

FINAL FANTASY!

Podia ter ser a Tifa ou algo assim, mas vai black mage mesmo!

Pra mim, Final Fantasy estava morto e enterrado. Depois do IX eu perdi totalmente o interesse na série, simplesmente não via mais graça. Não que eu achasse ruins os jogos novos, só não tinha vontade de jogar.  Mas como apareceu a oportunidade de jogar o XIII no PS3 não custava nada tentar. No começo foi o maior choque, tudo muito estranho, muito diferente, mas eventualmente eu estava me divertindo como nos antigos FF que joguei. Passei semanas aumentando o level das armas e lutando com os monstros do mal que sempre me venciam me obrigando a melhorar minha estratégia pra poder vencê-los. Foi maneiro encontrar alguns monstros conhecidos, como tomberrys e tal. No fim me decepcionou não ter a musica tema do jogo mas eu sei que não foi o primeiro a fazer isso.

No final das contas eu fiquei é com muita saudade de jogar final fantasy, e quando tiver a oportunidade tenho que jogar os que deixei pra trás. E foram muitos…

 A capa é sem graça, mas o jogo é maneiro!

 9!

POKEMON!

 Eu escolho…

Séculos atrás eu me diverti horrores jogando Pokémon green no meu gameboy preto e branco! Logo em seguida joguei o Silver no game boy color e aí sei lá porque eu não joguei os outros. Mas aí eu ganhei o fantabuloso Pokémon White e não me recusei a jogar! Nossa, eu me senti velho pra caramba, mudou muita coisa desde que eu jogava, tem milhares de opções que eu acho que nunca vou usar – ainda uso as estratégias de antigamente, sem me valer de itens e tal.

Ainda nem acabei o jogo, mas é divertido pra caramba. Os monstros não são tão maneiros quanto os antigos mas dão conta do recado, e a história do jogo é interessante. É, Pokémon (ao menos esse) tem estória sim. Eu gosto de lutar com um jacaré que eu não lembro o nome mas tudo bem porque não guardei o nome de nenhum dos monstrinhos desta geração – ajudou muito eu batizar meu time com nomes tipo Zezé, Docinho, Tchuco…

Praticamente um dos últimos jogos do Nintendo DS, é um jogo que recomendo com toda certeza!

 

Ah, mas eu queria começar com uma magikarpa…

 8!

CASTLEVANIA!

 Hua hau ahua hau ahua!

 Sabem o que eu me dei de natal ano passado? Um PSP! Que maneiro, né? E já que estava lá na loja eu comprei também o fantabulosissímo CASTLEVANIA DRACULA X CHRONICLES! Então já no comecinho do ano eu estreei o jogo e ele é um exemplo de remake perfeito! Pois é, esse jogo é remake do Rondo of Blood – que pra mim é o melhor castlevania de todos os tempos! Mas não foi um daqueles casos que só melhoraram os gráficos e estava ótimo, aqui o trabalho foi competente!

No jogo original você sai enfrentando o bruxo que quer ressuscitar Drácula, e no caminho tem que resgatar umas moças que foram raptadas. A primeira, a Maria, é um personagem jogável – o personagem jogável, com ela tudo fica mais fácil, ela destrói tudo com as magias e invocações dela. As outras é só pra fazer o final bom mas tem que resgatar elas pra isso. Os chefes são cruéis e há vários caminhos pra escolher até chegar ao vampirão, que é bem facinho de vencer em comparação aos outros chefes.

No remake tem tudo isso, mais alguns chefes bônus, e resgatar as moças e matar os chefes certos consertam o único defeito do jogo original: destravam a batalha final com o Drácula, mais difícil do que nunca – deve ser o Drácula mais forte que já enfrentei…

Ah, e o jogo ainda trás a versão original do jogo e a sequência supervalorizada, Sinphony of the Nigth. Também joguei o Castlevania moderno no PS3, LORDS OF SHADOWS. não é ruim mas nem se compara ao Rondo. Não entendam mal, o moderno é lindo, soturno, solitário, tem monstros gigantes, filminhos épicos e o Capitão Pickard como narrador. Pensando bem, é um jogo extremamente maneiro!

Esse sim é maneiro!

 7!

DEAD OR ALIVE!

 Aê, ninjas!

 É isso aí, comprei o 3DS só pra jogar DEAD OR ALIVE DIMENSIONS! Felizmente o aparelho serve pra muito mais coisa do que isso apesar das más línguas por aí. Voltando ao jogo: DOA segue a velha fórmula de sempre, um monte de garotas gostosas simpáticas lutando… mas desta vez veio com um tal de chronicle mode onde é contada a história de todos os quatro jogos da cronologia oficial! Foi extremamente maneiro finalmente saber a história do primeiro e do segundo jogo que joguei lá no Playstation e no Dreamcast!

Claro, o jogo não é só nostalgia, tem várias funções que só o 3ds faz por você como colecionar figuras 3d (são 999) e daí tirar fotos 3D delas. E sempre tem o maneiro street pass – quando você passa por alguém que tem DOA NO SEU 3DS você recebe um desafio e luta pra conseguir mais figuras dos ninjas.

Mas oque gostei mesmo foi lembrar-se de como o DOAII era maneiro.

Mais ninjas!

6!

GHOSTS N’ GOBLINS!

Arthur, cavaleiro de papelão!

 Num impulso de bravura fui lá e comprei a aventura do Arthur no PSP, ULTIMATE GHOSTS ‘N GOBLINS ciente de que provavelmente não iria passar de metade das fases. Falta de habilidade minha a parte, eu fiquei realmente impressionado de como o jogo captura o formato dos jogos antigos! Tem um monte de modernice mais basicamente é o mesmo cavaleiro seminu com um pulo estranho enfrentando um enxame de monstros! Tem um monte de armas pra pegar pelo caminho, assim como escudos com várias habilidades. Há muitos itens escondidos nas fases alguns deles essenciais para destravar o chefe final.

Lógico que ainda nem vi a cara do último chefe, fiquei feliz de chegar à porta dele por enquanto mas não tenho a chave pra abrir… Ainda faltam uns 15 anéis mágicos pra eu poder abrir aquela porta!

Só isso de inimigo? Fácil!

 5!

CONTRA!

 He, Bill Rizer rulez!

 Na mesma linha do último Ghosts ‘n goblins, esse – HARDCORPS UPRISING – é um jogo moderno que resgata a sensação de um jogo antigo! Ok, não chega a ser um CONTRA 4 que tinha cara de remake mas era fantástico – Essa versão tem identidade própria, por isso nem tem “contra” no nome. Esse spin-off conta com muitos mais movimentos que simplesmente pular a e atirar, tem um sistema de upgrades e etc. E como os antigos jogos da série só tem umas oito fases e olha lá, mas a gente leva uma semana pra aprender a passar de cada uma! Pelo menos cada vez que você joga ganha um dinheirinho e vai juntando pra comprar mais vida e continues. Esse aqui eu baixei pela PSN.

Ainda hoje quando acesso o jogo dá a maior felicidade ouvir a musiquinha do contra na tela do título!

 Lógico que eu só jogo com a garota!

 4!

SONIC ULTIMATE GENESIS COLLECTION!

 SEEEGAAA…

He, eu meio que menti pra vocês, porque não se trata de um jogo que eu nunca tinha jogado, mas tecnicamente essa coletânea, SEGA ULTIMATE GENESIS COLLECTION, versão PS3, eu não tinha jogado. SE bem que eu tenho a impressão que a última coletânea da SEGA que joguei no PS2 era quase igual.

DE toda forma, tinha muitos jogos que eu não conhecia e /ou nunca tive interesse em jogar. Ainda tem muitos jogos que eu simplesmente não consigo ir pra frente, tipo aquela droga de clone de Puyo Puyo que é o doutro Robotnik Mean Bean Machine… maldade!  o jogo é ótimo, eu é que sou ruim em fazer combos nesses quebra-cabeças complicados. Mas é sempre bom pegar um desses jogos “de verdade”, com continues contados e onde cada vida é preciosíssima, cada moedinha é necessária pra conseguir mais uma vidinha e tal! Isso não tem preço, gente!

Já que estamos aqui, também joguei o SONIC GENERATIONS, que parece mais um remake do que outra coisa e isso não é ruim, foi o máximo rever as fases do mega, sentir a emoção da época do Dreamcast e até ver como os jogos mal sucedidos do ouriço ficam legais sem a toneladas de bugs que tinham nos originais (estou falando do horrendo sonic 2006). Pessoalmente senti falta do clima épico do sonic moderno, mas no último jogo, colos, isso já tinha sido retirado e parece ser uma tendência. Eu gostava.

 …Nem tem tanto sonic assim…

 3!

MEGAMAN X!

Espera só eu pegar as botas!

Séeerio que eu joguei megaman esse ano? Claro que sim! Eu estava como maior pé atrás, achando que o IRREGULAR HUNTER X, do PSP, fosse uma porcaria. Mas é massa pra caramba!

Eu nunca imaginei que seria possível, mas parecia que eu estava jogando o jogo pela primeira vez – o que é muito pra um remake! As partes da armadura foram todas colocadas em locais diferentes, de modo que eu não conseguia fazer a mesma sequência de chefes que fazia no super Nintendo! Eu passei a maior parte do tempo procurando pelos power-ups antes de conseguir matar os chefes. E o águia do mal me surrava toda hora até conseguir as botas, aliás, acho que todo mundo me surrou nesse jogo.

Também tem um bônus, você pode jogar com o vilão Vile. Pessoalmente achei meio estranho o sistema de armas dele e acabei nem jogando muito com ele.

Ainda prefiro o visual do jogo original, mas isso não tira o mérito do remake. Os filminhos contando a história ficaram bem legais, e passam o clima melancólico do pobre X. Foi extremamente épico o final, onde o X parte enquanto o Dr. Ligth descreve o que o X significa para ele e para que serve – ou seja, o mesmo texto da abertura no super Nintendo.

Pra não deixar passar em branco, também joguei o Megaman Power-up, mas esse é fraquinho, não vi nada demais e ainda vi um monte de defeito. Mas vou deixar pra falar mal dele outro dia, ok?

 Ah, não tô nem aí pro Vile!

 2!

ZELDA!

 Diva!!!

Pronto, finalmente deixei de ser uma vergonha para comunidade gamer e joguei Zelda! Tecnicamente comecei pelo A LINK TO THE PAST do Super – me bati um monte, ô jogo difícil , levava horas dentro dos templos e quando me achava chegava num chefe idiota que me surrava um monte me mandando pro começo do templo de novo… Mas lutei e cheguei ao fim. Por ser bonzinho dei grana pra Nintendo e comprei o LINK’S AWAKENING DX do gameboy color – através do 3DS. E esse eu adorei! É tão divertido, engraçado, eu ria de monte durante a aventura! Nunca que eu imaginei que ia conseguir comida de cachorro ao dar um laço vermelho pra uma boal de ferro cheia de dentes… Ok, o final é triste pra caramba, dramático, mas até chegar nele eu me diverti de monte. Só não fiz tudo 100% das coisas que tem pra fazer, ainda não cheguei nesse nível em relação a Zelda.

Depois a Nintendo me mandou de presente mais dois Zeldas, o primeiro e o segundo! E nesses dois eu só apanho e não saio do lugar.

 Mas nem tem Zelda nesse jogo!

 1!

SCOTT PILGRIM VS THE WORLD!

 The power of love!

 Quem diria que eu ia jogar um jogo baseado em um filme ruim! Ei, nem pensem em me sair xingando que pra quem leu o gibi antes o filme do Scott Pilgrim é ruim sim! E praticamente simultâneo ao lançamento do filme veio o jogo, SCOTT PILGRIM VS THE WORLD:THE GAME, aí já viu né? Não viu não, que o jogo é muito mais baseado no gibi do que no filme! E tem mais, enquanto filme limou 80% das referências de videogame o jogo dobrou, triplicou, sei-lá-oque-ou: De cara o jogo é quase uma cópia de Kunio-kun, Rivercity Ransom, mas a todo momento você lembra-se de um jogo antigo, seja pelo blocos do Mario na fase bônus, os duendes com cara de link que roubam suas poções enquanto você está dormindo (Golden Axe) e até, porque não, megaman. Espere ver menções a final fantasy, sonic, e por assim vai. E lógico que tem a aparição do herói de Clash At Demons Hand, que além de ser um jogo maneiro é o nome duma banda no universo de Scott. Claro que tudo isso tinha que estar em gloriosos 8 bits.

É um jogo imperdível, e ainda mais legal se você tiver lido o gibi – que por si só já é sensacional. Foi o primeiro jogo que baixei pela PSN e valeu cada moedinha gasta nele!

 

 Então: Basicamente foi isso que joguei esse ano. Claro, tem uns que deixei de fora, mas é porque não vale nem a pena lembrar-se deles, joguei por jogar. Acontece que os jogos que listei acima mostram oque 2011 foi pra mim: Um ano nostálgico, de lembrar-se de como os retro jogos são maneiros e em alguns casos melhores. E eu sei que ainda tem muita coisa que não conheci ou que eu adoro e o resto do mundo não conhece – e pra isso, meus amigos, servem os blogs da galera retrogamer: pra mostrar como era boa aquela época.

 Mas espere aí: A maioria dos jogos que listei é desta época, mas feitos de forma “correta”. Que 2012 continue assim!

BÔNUS!

MENÇÕES HONROSAS!

Então: ainda tem uns jogos que pretendo jogar ainda esse ano, se der tempo. É que só os consegui recentemente e ainda não comecei pra valer:

SATURN BOMBERMAN

BACK TO THE FUTURE THE GAME

LITTLE BIG PLANET

SUPER MARIO 3D LAND

PROFESSOR LAYTON AND THE LAST SPECTER

Garanto que são todos jogos maneiros!

 É isso aí, gente! Se puderem deem uma comentada aí, e não se esqueçam de dar uma olhada nos outros camaradas que estão participando da brincadeira:

 Eu sou o Becker e curti ficar desenhando no Nintendo 3DS! Por hoje é só e até!

14 Respostas para “O QUE VOCÊ JOGOU EM 2011?

  1. Opa! não custa nada avisar: Eu pretendia estrear o SUPERTECNICAMENTE só ano que vem, mas já que o problemático blog anterior deu pau parti pra outra logo de uma vez.
    ainda deve ter alguns ajustes que farei mais tarde, comentários são bem vindos!

  2. Beckeeeeer! O Ponto auge do post foram os desenhos fofos!!! hehe
    Uau e quantos jogos heim!
    Parece ter sido muito legal!! Ebaaa
    E que venham mais jogos bacanas em 2012 =D

    Bjooo

  3. AMEI OS DESENHOS BECKER!
    haha ficou demais de bom, quero brincar de desenhar também! e que 2012 seja mtoooo bom pra todos nós, com mtos encontros do pessoal!

  4. Escutei a música de abertura de pokémon ao ler seu texto… eu era muito viciado nesse negócio. Achava que iria ser matéria de escola em algum momento da história.

    Agora, fiquei muito interessado em um PSP agora… putaquepariu! Que droga… já não dou conta nem dos meus videogames atuais, eu vô dar conta de mais um. Aff.

    Ninguém merece esse pessoal que só indica jogo bom.

  5. Pingback: O que você jogou em 2011? «

  6. Opa! Belo texto!
    Fiquei curioso com esse ULTIMATE GHOSTS ‘N GOBLINS e o HARDCORPS UPRISING. Parecem ser pura nostalgia!

  7. Pingback: ED.Nº 61 – MeMe: O Que Você Jogou Em 2011? « Blog MarvoxBrasil [2 Anos]

  8. Eu cheguei a pegar o FFXIII pra jogar, mas até agora por alguma razão não tive coragem. Vou experimentá-lo qualquer dia.
    Dracula X Chronicles eu gostei de jogar, mas me esforcei nele foi pra abrir o Symphony of the Night. hahaha
    Preciso criar coragem pra jogar o Maverick Hunter X e Scott Pilgrim vs the World é fantástico.

  9. Pingback: O Que Você Jogou em 2011? | Vg&Etc..

  10. Belo Meme.Só pude dar uma lida hoje.De todos só não jogaria Pokémon porque não sou fã da série.Tu desenha bem,mas eu tambem não fico pra trás rsrsrsrsrs

  11. Pingback: MeMe: O Que Você Jogou Em 2011? | howfaryoucanget

  12. Gostei da escolha dos jogos. Muitos clássicos memoráveis, e os desenhos deixaram o post ainda mais legal, parabéns.

  13. Pingback: MeMe – O que você jogou em 2011? | Gamer Caduco

  14. Você faz parceria ??? Olha lá meu blog (theclassicsgames.blogspot.com) e responda lá , pois gostei muito do seu site. Obrigado pelo seu tempo.

    Veja alguns posts
    Detonado Donkey Kong Country
    http://theclassicsgames.blogspot.com/2012/01/detonado-donkey-kong-country.html

    Análise N.O.V.A
    http://theclassicsgames.blogspot.com/2011/12/analise-nova-near-orbit-vanguard.html

    Análise World of Illusion
    http://theclassicsgames.blogspot.com/2011/12/analise-para-o-meme-o-que-joguei-em.html

    Análise Rock N’ Roll Racing
    http://theclassicsgames.blogspot.com/2011/12/analise-rock-n-roll-racing.html

    Análise Split/Second: Velocity (Celular)http://theclassicsgames.blogspot.com/2011/12/analise-splitsecond-velocity-celular.html

    Vamos Jogar: Sonic 3 & Knuckles
    http://theclassicsgames.blogspot.com/2011/12/vamos-jogar-sonic-3-knuckles-mega.html

    Detonado Resident Evil 5
    http://theclassicsgames.blogspot.com/2011/12/detonadoresident-evil-5.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s