RAINBOW ISLANDS!

Opa, Eu sou o Becker e gosto de… Estar vivo!  E por mais que pareça eu não morri não nem abandonei meu querido tecnicamente… Ok, eu estava muito ocupado com um monte de coisas e aí não sobrava tempo nem de passar aqui pra dizer oi, mas isso não quer dizer que eu não reservei um tempinho pra conhecer jogos que eu nunca tinha jogado antes – e conheci uma ou outra pérola que foi ofuscada pela minha ignorância. Então, sem muita enrolação que tal dar uma olha num desses jogos maneiros? Vamos lá!

É o macacão do Mario!

Sabe quando você vê um jogo e ignora-o completamente? Eu fiz isso com RAINBOW ISLANDS… Eu sabia que existia e que era parte da série BUBBLE BOBBLE, mas nunca me interessei em ir atrás pra ver como é que era – no máximo eu já tinha visto a tela inicial do jogo e me dei por satisfeito. Mas aí minha concepção dessa série mudou muito quando conheci o jogo!

Eu gosto é do dinossauro!

Explicando melhor: Por muito tempo eu só conheci PUZZLE BOOBLE, sabe aquele quebra cabeça que o dinossaurinho arremessa umas bolinhas coloridas no teto, né? Se não sabe, tai a descrição do jogo – puzzle e dinossauros. Um tempo depois descobri que existia o Bubble Bobble, que era a aventura original do dinossaurinho no estilo mate todos inimigos da tela sem morrer pra passar pra próxima fase. Aí muito recentemente descobri o jogo original tinha uma sequencia, e fui atrás!

E a capa do jogo já me chocou: Cadê o dinossauro? Porque é que tem um gordinho no lugar dele?

O poder do arco-íris!…

Pois é, aqui você joga com o menino feliz e a intenção é subir até o topo da fase desviando dos inimigos criando arco-íris como plataformas. . Isso aí, nosso herói joga uma estrelinha que cria um arco íris onde ele pode pisar e até usar como arma para derrotar os inimigos.

A primeira coisa que se percebe, assim que o jogo começa, é que tudo é colorido. Muito colorido, é uma festa de rosa choque e outras cores fortes na tela do videogame!

Mas espere lá: Não é porque o treco é todo colorido que significa que é fácil! Ou sim? Os primeiros mundos são bem “facinhos”… Aí vira um inferno logo quando você acha que ia chegar ao final em poucas horas!

Ó uma esmeralda ali em baixo!

Desgraça pouca é bobagem, não é mesmo? Por isso Rainbow Islands conta com “final secreto” – as fases finais precisam ser destravadas. Para tanto o heróis gorducho tem que coletar as sete esmeraldas do chaos durante o jogo. Os, desculpe, ele precisas das esmeraldazonas – a cada fase coletando sete esmeraldinhas ele ganha uma grandona no fim da fase. Felizmente as joias não estão escondidas, basta vencer os inimigos utilizando itens ou fazendo um arco-íris cair na cabeça deles que eles viram esmeraldas…

Tem chefes também, claro…

Esqueci-me de alguma coisa? Ah, sim, o menininho do jogo na verdade é o dinossaurinho que tanto amo! Acontece que já no primeiro jogo o inimigo era um bruxo que transforma ele em dino…

Pra finalizar não faz mal dizer que Rainbow Islands saiu pra um monte de consoles e teve um monte de continuações e tal, mas vou deixar pra me aprofundar neste assunto numa próxima vez, ok?

Capa do C64?

Então acabou pessoal… Na próxima a gente fala sei-lá-sobre-oque que eu nem imaginei sobre o que mostrar pra vocês ainda. Comentem aí senão eu sumo por mais um mês, viram?

Eu sou o Becker e estou jogando Kirby’s Adventure (em 3D)! Por hoje e só e até!

Anúncios

Uma resposta para “RAINBOW ISLANDS!

  1. Esse game parece tão feliz e cuti!!!!
    Posta as musiquinha beck saaan =D

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s