THE KING OF DRAGONS!

 Image

Opa, Eu sou o Becker e gosto de…  Vídeo games antigos! Mas vejam bem que isso não impede de eu me divertir com jogos novos também… E claro que sempre rola comparação com os velhos. Não que os novos sejam melhores ou piores, mas aquela sensação de “eu já vi isso” – como quando conheci Assassins Creed e lembrei foi de Alladin do Mega Drive. De toda forma, vamos ver um jogo do qual eu lembrei esses dias que deve ser maneiro. Vamos lá.

 Image

Pôster maneiro de fliperama!

Sendo fã de jogo em 2D estava me divertindo horrores no Dragons Crown e depois de levar muita bordoada dos dragões de lá rolou a lembrança de que eu também levava sova dos bichos em The King of Dragons! Aliás, não me lembro de nenhum dragão facinho que não complique minha vida mas não vem ao caso.

Cortesia da Capcom, a aventura do Arcade é o básico jogo de porradaria beat’em up só que medieval. Novidade nenhuma, a mesma empresa já tinha lançado Knigths of The Round anteriormente que era parecido mas menos fantasioso, sem tudo isso de ogros, goblins e feiticeiros.

Image

Mas nenhuma heroinazinha?

Sabendo da ambientação, resta conhecer os heróis disponíveis! O Guerreiro, O Mago, o Clérigo, o Anão e o Elfo. Note-se que todas as personagens são do gênero masculino, oque não me agrada mas é o que tinha pra ontem. Logicamente – mas nem sempre respeitado – cada uma das opções carrega vantagens e fraquezas, como o Clérigo tendo defesa alta mas sendo lento.

Em tempo, rola uma daquelas estorinhas mais bobas do mundo do tipo o Dragão do mal fez malvadeza e vai dominar o reino senão o mundo e mora lá longe só pra gente enfrentar uma dúzia de monstros lendários no caminho. Bobo, mas eu curto!

 Image

Diversão em triplo!

Já que a aventura esta assim em clima de RPG, porque não o sistema de aumentar de nível? Pois tem, minha gente! No caminho tem vários baús cheios de grana, armadilhas e armamentos, e coletar estes faz quem sua espada/escudo/cajado suba um nível ficando mais forte. “Becker idiota, isso não é subir de nível” você tá falando aí mas tecnicamente não menti… Além do que acontece que os personagens também sobem de nível à medida que batem nos bichos. E o que é melhor, o nível vem automaticamente, não precisa ter que vencer o chefe antes como é comum por aí!

 Image

Chefe final!

Falando em chefes… Tem um monte! Um monte mesmo! Só não tanto quanto as fases, umas 16 ou 18. Com tudo de fases, sempre rola o esquema chefe repetido de cor diferente mas tudo bem pra mim… Opa, mas não vá pensando que a aventura é imensa porque é até curta – as fases são curtíssimas!

 Image

O Super marcando presença!

Não viu o jogo no árcade e tá com preguiça de buscar emulador ou ver no youtube? Pois em 1992 não tinham essas opções e o jeito era… Jogar a versão do Super Nintendo, êêê! Só aqui a coisa é mais embaixo: Enquanto o fliperama queria toda sua grana em fichas o cartucho coloca um limite de continues pra você ter zerar o jogo na raça. Por sorte, escondido nuns baús tem três yashichis (tipo um cata-vento frequente nos jogos antigos da Capcom) que te dão um continue a mais. Que pão-durice! Até nos jogadores economizaram, que no original pode ser até três simultâneos e em casa só pode dois.

 Image

Viu? Com uma garota no lugar o final seria bem mais legal pra mim….

Pra finalizar, basta dizer que o jogo é divertido horrores, tanto o original como a versão caseira – que tem as animações de fundo simplificadas, como a falta da chuva de moedas durante os ataques do chefe final. Hoje pode não causar impacto pela simplicidade, já  que não tem sistema de combos e outras modernices, mas ei: Quando eu mato uma wivern hoje em dia eu tenho consciência que já fazia isso muitos anos atrás em The King of Dragons!

Mas então acabou, pessoal!  Quando estiverem a fim de uma fantasia medieval que seja curtinha esse jogo é minha recomendação. Em troca da informação, não se esqueçam de comentar aí que senão ao invés de dar item o baú explode quando você abre, viram?

Eu sou o Becker e ainda vou platinar Dragons Crown! Por hoje e só e até!

http://nadsatkicks.files.wordpress.com/2012/12/yashichi.png%3Fw%3D600

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s