Arquivo da tag: Gibi

GO GO ACKMAN!

  GoGoAckman (1)

Opa, Eu sou o Becker e gosto de… Deixar as coisas pra depois? Não, mas vivo fazendo. E uma das pendências que eu tinha foi finalmente acabar de ler um gibi japonês que eu curto, mas que só tinha lido a metade demorou um século pra ir atrás do resto. E o que diabos isso tem a ver com videogame? Acontece que conheci essa história através de um game e… Vamos dar uma conferida aí, oras!

 GoGoAckman (2)

Vai, Dragon Ba…

Conhece Go Go Ackman? Já apareceu aqui no Brasil em uma coletânea do desenhista de Dragon Ball, e eu achei muito maneiro quando isso aconteceu pois eu já conhecia o carinha lá do Super Nintendo japonês. Pois bem, o game tratasse de uma aventura de plataforma, onde o nosso (demônio) herói Trunks Ackman deve derrotar os vários inimigos pela frente e coletar suas almas que valem grana. No caminho dele estará sempre o Kuririn Tenshi, um anjo nervoso sempre pronto pra derrotar o inimigo mas sempre sem êxito.

 GoGoAckman (1)

Detonando todo mundo!

A primeira coisa que chama a atenção na aventura é mesmo o traço das personagens, todos fiéis à arte de Dragon Ball Akira Toriyama. E, para quem acompanhou pelo menos metade da curta série do gibi é especialmente gratificante pois várias figurinhas marcam presença no game também. E não entendam mal, quem não conhece também vai curtir porque aqui é tudo simpático e até porque metade do que vai aparecer é novidade que literalmente não estava no gibi!

 GoGoAckman (2)

Dragon Ball Boss!

Há quem diga que a jogabilidade do título lembre Mega Man, e eu não sei de onde tiraram essa ideia. Grande parte do tempo você utiliza apenas os punhos pra se defender, ainda que haja power ups como espada, revolver, bumerangue e indispensáveis bombas. De resto, o negócio é sempre seguir em frente pulando um ou outro precipício de vez em quando.

Opa, mas é claro: A aventura está cheia de chefes, sendo que cada fase tem um subchefe que normalmente é um conhecido do mangá. As batalhas não são as mais épicas do mundo, mas os chefes – lobisomem, monstro da lagoa, dragão, etc. – são grandes e carismáticos. E claro, o ultimo chefe é um robô e eu sou a ultima pessoa do mundo que pode reclamar disso.

GoGoAckman (3)

Last Boss!

Apesar de ser um jogo relativamente simples, daqueles que a gente zera numa tarde e só joga de novo se tiver muito amor por ele, é uma experiência muito divertida. E ainda rendeu duas continuações, a primeira onde uma banda de rock angelical são os inimigos e ainda o meu preferido Go Go Ackman 3 onde o demônio e o anjo são fugitivos e ficam presos um ao outro por meio de uma algema e precisam vencer os inimigos cooperativamente!


 Mas é isso por hoje. Perdoem qualquer besteira que eu possa ter dito por que afinal eu entendo é de jogo antigo e não muito de gibi japonês. E vejam aí se não se esquecem de deixar um comentário que senão vai rolar mais personagem de Dragon Ball nos próximos jogos, ok?

Eu sou o Becker e comprem meu livro aqui! Por que sim, eu acho…

GoGoAckman (1)